Google+ Followers

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Captura de Enxames do RN

          Mediante registro de dados da Central de Gerenciamento de Emergência e Defesa Civil (Ceged), o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte (CBMRN) registrou 850 atendimentos de captura de abelhas de janeiro a agosto de 2014 em Natal e região metropolitana. A quantidade é 6% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando os bombeiros atenderam 799 casos.
       Esse dado preocupa pesquisadores e da maneira que vem sendo repassada essa informação, a população, desagrada apicultores do Estado, bem como informações sobre extermínio de enxames.
           Como fomos procurados pelo representante da Federação de Apicultores do RN, Giomar Lopes, para articular um encontro entre representantes para tal discussão, conversamos com o representante do grupo responsável pelas capturas e a Escola Agrícola de Jundiaí-UFRN irá ofertar cursos de apicultura - Módulo: Captura de enxame que será aberto para os bombeiros, técnicos que atuam em empresas voltadas ao meio ambiente, e PETROBRAS, tendo em vista a demanda atual. Posteriormente também estaremos ofertando para estudantes e demais interessados na atividade.
          Essa parceria envolve também ações de divulgação da importância das abelhas para a natureza, produtos das abelhas, dentre outras que estarão sendo trabalhadas em eventos, escolas etc.

           Assim que definirmos as datas estarei postando para conhecimento de todos.

                                                                   Foto: Márcia Madruga


           

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Bebedouros alternativos

No intuito de divulgar Tecnologia alternativa para os apicultores, técnico e estudantes, o setor de Apicultura da EAJ/UFRN vem apresentando idéias que possam contribuir com a viabilidade da atividade levando em consideração a praticidade e o baixo custo.


Treinamento em Apicultura na EAJ-UFRN

Com a implantação do novo projeto SERTÃO EMPREENDEDOR RURAL, do SEBRAE-RN, consultores e instrutores credenciado junto ao SENAR e ao SEBRAE, no RN, recebem treinamento em Apicultura.
Com o tema MANEJO DE ABELHAS NO SEMI ÁRIDO, a Profa e Coordenadora do Setor de Apicultura da EAJ/UFRN realiza o treinamento e oportuniza práticas de campo no apiário de tecnologias alternativas e na Unidade de Extração dos Produtos das Abelhas - UEPA Mel. 
Uma ação de extensão que fortalece a parceria entre as instituições.
Os técnicos que participaram fazem parte da COOPAGRO-RN.




 

sábado, 24 de maio de 2014

Setor de Apicultura da EAJ/UFRN oferta cursos de capacitação em BPA

Foto: Gunthinéia Lira - UEPA Jundiaí - UFRN
 O Setor de Apicultura da Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias-EAJ/UFRN, vem atuando nos segmentos de produção e processamento ofertando curso de capacitação em Manejo e Qualidade da produção dos produtos das abelhas.
Estudantes, produtores e demais interessados no setor podem participar.
Foto: Gunthinéia Lira - UEPA Jundiaí - UFRN
Foto: Gunthinéia Lira - UEPA Jundiaí - UFRN


Associação de Apicultores de Ipueira -RN

Apicultores do Rio Grande do Norte, em muitas regiões, vem colhendo mel de excelente qualidade. Os Apicultores da Associação de Ipueira, na região do Seridó da uma demonstração do mel colhido. (Foto: José Leite)

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Nova técnica para reprodução de abelhas facilita polinização

Nova técnica para reprodução de abelhas facilita polinização


A técnica levaria à redução do custo das produções agrícolas e à melhoria da produtividade em até 40%
São Paulo – Uma nova técnica para a reprodução de abelhas sem ferrão pode facilitar a polinização de lavouras no país, o que levaria à redução do custo das produções agrícolas e à melhoria da produtividade em até 40%.
Pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) desenvolveram um método pelo qual as larvas recém-nascidas recebem uma quantidade seis vezes maior de alimento do que estão acostumadas.


Fonte: Exame
26/12/2013 por Da redação

Máquina pode melhorar a produção de mel no Sertão do Araripe

Máquina pode melhorar a produção de mel no Sertão do Araripe

A patente será dos cooperados de Araripina, Bodocó e Parnamirim em PE. Invenção diminui tempo de trabalho e desperdício do produto.
A invenção reduz o tempo e desperdício da produção.

Foram 18 meses de pesquisa, numa parceria entre os apicultores do Sertão do Araripe em Pernambuco, o Sebrae e o Centro Pernambucano de Design. A chamada ‘máquina desoperculadora’ de favos de mel, que retira o opérculo, cera que reveste o local onde as abelhas depositam o mel, já está em funcionamento. É capaz de reduzir de retirada da cera do favo e diminuir o desperdício no processo de extração do mel.

Maiores informações acesse G1!
Fonte: G1
24/12/2013 por Carol Souza